Skip to main content
como-ser-autonomo

Dicas para quem está pensando em se tornar autônomo

Hoje em dia, estão surgindo cada vez mais profissionais autônomos que pensam em abrir o seu próprio negócio. Essa decisão demanda muita força de vontade, análise cuidadosa e, principalmente, foco para correr atrás dos seus sonhos, sem deixar que o plano de negócios ou os riscos assustarem você.

Além de toda a energia e paixão que fazem uma empresa funcionar, também é necessário entender um pouco sobre economia, administração e a realidade de quem é empreendedor. Separamos algumas dicas para quem está pensando em fazer essa mudança na carreira, explorar novas possibilidades e até transformar um hobby em fonte de renda. Olha só:

A hora certa não existe

Esperar demais pode ser apenas um empecilho que você mesmo está colocando no seu projeto. Se você possui capital, força de vontade, apoio e já pensou nos prós, contras ou precauções necessárias, comece a lapidar a proposta e vá abrindo o negócio aos poucos (começando com trabalhos freelancer ou para clientes específicos). Nada de ficar esperando pelo momento ideal ou que sua empresa deslanche do dia para a noite.

Tenha disciplina

Ser o seu próprio chefe também exige uma rotina e bastante disciplina para terminar o trabalho no prazo, entregar produtos e conseguir clientes. Crie processos, se policie em relação ao horário e busque alternativas para otimizar o tempo. Lembre-se que sua empresa ainda não é tão conhecida e você vai precisar ir em busca de clientes, então reserve um tempo do seu dia para prospectar novos compradores ou agendar reuniões.

Desenvolva um Plano de Negócios

O plano de negócio é essencial para você entender o seu público, mercado, concorrência e estabelecer onde e como vai atuar, além de poder definir a receita e o capital de giro da sua empresa. O Plano de Negócios define desde os valores da sua marca até a maneira de conversar com o cliente, ajudando a construir uma imagem forte e posicionar seu negócio de um jeito profissional.

Cuide das finanças

É normal confundir as contas profissionais e pessoais ou não ter muito controle sobre os lucros, gastos e finanças da empresa, principalmente no começo. Contudo, esse erro deve ser evitado e, logo no início, você precisa montar um livro caixa, estabelecer metas e ter a ajuda de um contador, para não se afogar em dívidas ou acabar fechando as portas.

Ahh, a nossa dica é que você sempre use boleto bancário para organizar as suas finanças 😉

Cuidado com cálculos imprecisos

Quem começa a trabalhar como autônomo pode acabar levando em consideração dinheiro que está no plano de promessas (ou seja, um valor que ainda não entrou no caixa da empresa) ou cometer alguns erros na sua gestão fiscal. Fique atento a isso e consulte sempre o seu contador.

Ofereça sempre um bom serviço

Em empresas pequenas, o atendimento e a experiência são tão importantes quanto em marcas renomadas do mercado. Se esforçar para garantir a satisfação do cliente é fundamental para você ganhar destaque no mercado e aumentar as vendas ou demandas.

Aprenda a lidar com as pessoas

Ao empreender, você vai precisar conversar com diferentes tipos de pessoas: fornecedores, outros empreendedores, funcionários ou com o seu consumidor final. Tenha em mente que um bom atendimento, educação e respeito são fundamentais para lidar com todo o tipo de situação e, mesmo que o cliente seja inadimplente ou você precise resolver um problema, aposte no diálogo e evite discussões desnecessárias.

Saiba a hora de terceirizar

Um autônomo acaba aprendendo um pouco de tudo, mas é preciso reconhecer em quais momentos é melhor terceirizar serviços – e como fazer isso. Pode ser um designer para criar a identidade visual da empresa ou alguém que entende de informática e pode agregar muito ao seu negócio.

Estude a sua própria empresa

Ter um negócio próprio exige esforço 24 horas por dia! É fundamental que você crie e estude os seus processos de produção, faça análises aprofundadas sobre o que acontece no seu trabalho e entenda os feedbacks de clientes para poder crescer.

Seja inquieto!

Quem é autônomo deve pensar sempre em inovação e ter vontade de colocar projetos para funcionar. Dificuldades e riscos existem, mas se você encara isso como desafios que vão ajudar a empresa, sua motivação continua alta e você consegue tirar o melhor de cada situação.

Já está colocando sua ideia de negócio em prática? Compartilhe com a gente suas experiências como autônomo!

Pesquisar

Custom Search
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE